Balcao de Respostas a Perguntas Realizadas a Universidade Ecológica


Balcao de Respostas a Perguntas Realizadas a Universidade Ecológica

Prezados (as) estudantes:

            Passamos às suas mãos este texto, contendo informações com objtetivo de ofertar um canal acessível e sobretudo facilitar o ingresso em uma universidade que lhe proporcionará conhecimentos, capacidade e confiança para construir o seu futuro.

Procure ler atentamente todos os itens, reflita e se julgar necessários maiores esclarecimentos nos colocamos a sua disposição, desejamos o melhor para você, e saiba o que mais contribui para fazer-nos felizes, é contribuir-mos para a felicidade dos outros, um abraço a todos e que Deus sempre nos acompanhe.

Entre em contato conosco pelo e-mail
você pode se comunicar com estes telefones:
(591-3) 3460232,   (591-3) 3499199
será um prazer em ajudá-lo



1. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA O INGRESSO NA BOLÍVIA E INSCRIÇÃO NA UNIVERSIDAD NACIONAL ECOLÓGICA

a)         Histório Escolar do Segundo Grau (Certificado de Segundo Grau) com a assinatura do diretor de ensino que expediu o documento reconhecido no cartório da sua cidade. Original e uma fotocópia autenticada.
b)         Certidão de Nascimento original e duas fotocópias autenticadas.
c)         Fotocopia de Passaporte legalizada.
d)         Carteira Internacional de vacina contra Febre Amarela. (Obtem-se em postos de saúde, é um cartão amarelo).
e)         4 fotos 4x4.

Observação: Os documentos dos incisos (a), (b) e (c) devem ser obrigatoriamente legalizados no Ministério de Educação e Ministério de Relações Exteriores em Brasília, no Consulado da Bolívia no Brasil, Consulado Brasileiro na Bolívia e Ministério de Relações Exteriores (Chanceleria) da Bolívia.


            2. REVALIDAÇÃO DO DIPLOMA EXTRANGEIRO NO BRASIL

Procedimento usual para a revalidação de diploma estrangeiro:

a)         O processo de revalidação de diploma de graduação inicia-se com a autenticação dos documentos relativos ao curso na embaixada ou consulado brasileiro do país onde o estudante fez o curso.
b)         A segunda providência é entrar com o requerimento de revalidação em uma instituição pública de ensino superior brasileira. No Brasil, de acordo com a regulamentação ( RES. CNE/CES nº1, de 29 de janeiro de 2002), apenas as universidades públicas podem revalidar diplomas.
c)         Deverão ser apresentados, além do requerimento, cópia do diploma a ser revalidado, instruídos com documentos referentes à instituição de origem, duração e currículo do curso, conteúdo programático, bibliografía e histórico escolar, todos autenticados pela autoridade consular. A tradução dos documentos é necessária e muitas vezes é exigida tradução oficial (tradutor juramentado).
d)         Para o julgamento da equivalência para efeito de revalidação de diploma estrangeiro, será constituida uma comissão especial composta por professores da própria universidade ou de outros estabelecimentos, que tenham qualificação compatível com a área do conhecimento e com o nível do título a ser revalidado.
e)         Se houver dúvida quanto a simularidade do curso, a comissão poderá determinar a realização de exames e provas (prestados em língua portuguesa) como o objetivo de caracterizar a equivalência.
f)         O requerente poderá ainda realizar estudos complementares, se na comprovação dos títulos, exames e provas ficar comprovado o não preechimento das condições mínimas.
g)         O processo de revalidação de diploma de graduação começa na diretoria acadêmica de cada instituição, no periodo correspondente ao seu calendário escolar, e o aluno deverá pagar uma taxa referente ao custeio das despesas administrativas. O valor das taxas pode variar de instiuição para instiuição.

Observação: Para verificar qual instituição de ensino que tenha cursos semelhantes o afins na sua área e também para comprovar todos os constantes acima mencionados e todos os artigos de revalidação, sugerimos acessar a página da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação: www.mec.gov.br/sesu


            3. VALOR MENSAL PARA CUBRIR TODOS OS GASTOS

Comentário:

O custo de vida na Bolívia é inferior ao que estamos acostumados a vivenciar no Brasil, lógicamente existem opções das quais o farão superior, porém com contrôle, sabedoria e constância, os valores médios mensais aproximados girarão conforme discriminação abaixo:

3.1. UNIVERSIDADE:

            A Universidad Nacional Ecológica, dispõe dos seguintes planos de pagamentos para o curso de medicina, especificadamente.

a)         Preço do semestre mensalidades e taxas Bs 4.550 (quatro mil quinientos cincuenta pesos bolivianos)                   / / 1 semestre
b)        
Preço da carreira completa Bs. 50.100 (cincuenta mil cien pesos bolivianos)                                                    / / 10 semestres
c)         Pagamento com desconto da carreira completa Bs 32.000 (trinta e dois mil pesos bolivianos)                              / / 1 pagamento único
d)         Plano anticredito (+ una única monto adicional de Bs. 800, para gastos operativos): 

Bs. 24.000(vinte e quatro mil pesos bolivianos) em 2 anos                                                    / / retorna 50% no final do contrato
                        Bs. 36.000(treinta e seis mil pesos bolivianos) para 3 anos                                                     / / retorna 50% no final do contrato
Bs. 48.000(cuarente e oito mil pesos bolivianos) para 4 anos                                                 / / retorna 50% no final do contrato
                        Bs. 60.000( sesenta mil pesos bolivianos) por 5 anos                                                             / / retorna 50% no final do contrato
 
Todos os estudantes estrangeiros devem pagar adicional Bs. 800 (oitocentos pesos bolivianos) para os vários planos de pagamento que estão acima (apenas uma vez durante toda sua carreira)


3.2 . ALUGUEL:

Existem várias opções, no entanto um imóvel confortável, seguro e bem localizado encontra-se em torno de US$ 100,00 dólares incluindo taxas de energia elétrica e água.

           
3.3. TRANSPORTE:

O transporte coletivo custa US$ 0,20 centavos de dolar, e se necessitar a utilização de um táxi, pagará em uma hora de serviço US$ 4,00 dólares. Contabilizaremos un gasto mensal de US$ 25,00 dólares.

            3.4 ALIMENTAÇÃO:

Inúmeras são as opções, existem restaurantes com comidas típicas, restaurantes com  cardápio brasileiro, pizzarias, sanduicherias. Porém se preferir elaborar suas refeições encontraremos vários supermercados com produtos brasileiros. Consumo médio mensal: US$ 140,00 dólares.

Observação: Universidade, transporte, aluguel e alimentação enumeramos como prioridades, obviamente existirão gastos extras, tais como: material de higiene pessoal, material de limpeza, uso de lan house (internet), material para os trabalhos específicos de cada matéria, telefonemas, etc. Com dados avaliados por parte dos estudantes brasileiros já residentes na Bolívia, equilibrando, chegará a un valor médio de US$ 80,00 dólares.

VALOR TOTAL MÉDIO MENSAL: US$ 400,00 dólares americanos.

ATENÇÃO!
-           É importante possuir conta junto ao banco do Brasil com o cartão desbloqueado para saques internacionais, e acesso liberado para consultas via internet. Converse com o gerente da sua agência bancária.
-           Os valores expressados em dólares, não sofrem flutuações. Porém devido à variação diária do câmbio para a conversão do real ao dólares, os valores dos depósitos realizados em reais no Brasil, devem ser ajustados segundo a cotização do câmbio diário.
-           O estudante tem a opção de realizar os saques nos caixas eletrônicos de agências bancárias com bandeira Visa Master Card ou Visa Electron em dólares ou em moeda nacional (Bolivianos).


            4. COMO ADAPTAR-SE A UM NOVO IDIOMA, CULTURA E COSTUMES DIFERENTES

Em relação ao idioma, você terá um curso intensivo de espanhol com duração de três semanas, suficiente para adquirir conhecimentos básicos de escrita e pronúncia; no mais o dia a dia lhe mostrará que a comprensão e a interpretação estarão ao seu alcance.

Quanto a cultura e costumes, é inevitável o impacto inicial e tratando-se de pessoas que nunca viajaram fora do seu país, dependendo das circustâncias uma forma efetiva de combater a euforia, irritação e hostilidade é usar de flexibilidade, pois o choque cultural é uma ocorrência natural muito normal, que não vale a pena relevar, poupe a sua preocupação.

Algumas dicas para antecipar e preparar sua adaptação:

1.         Procure conhecer a geografia, clima, folclore, moeda corrente, número de habitantes da cidade que você passará a residir.
2.         Evite fazer juízos rápidos negativos.
3.         Use em todos os seus atos e palavras, benevolência e gentileza.
4.         Esteja sempre aberto ao diálogo.
5.         Saiba distinguir o momento oportuno de dar e de receber.
6.         Siga seu caminho confiante, com segurança, pois nada na vida deve ser temido, só compreendido.


      5. INÍCIO DAS AULAS

Dia 22 de febrero de 2010. O Horário de Aulas e Calendário Acadêmico estarão a disposição na universidade. Os estudantes do primeiro semestre têm aula a partir das  8:00 horas da manhã com intervalos entre matérias e pausas para lanche e almoço.
É exigido o uso do jaleco branco nas aulas práticas de anfiteatro (anatomia humana) e laboratorio (histologia e embriologia).
A universidade dispõe de biblioteca, sala de leitura para estudos e  sala de internet. Aconselha-se ao estudante desde os primeiros dias de aula adotar um método de estudo pois os exames parciais (provas) acontecem entre a terceira ou quarta semana depois do início das aulas e consistem nas primeiras dificuldades em que o aluno pode encontrar. Por tanto é melhor estudar todos os dias o conteúdo avançado nas aulas, para evitar resultados desfavoráveis nas provas.
Aos esportistas de plantão: A Universidad Nacional Ecológica, conta com dois campos de futebol e duas quadras poliesportivas disponíveis para uso recreativo, não esqueça dos seus “apetrechos esportivos”!


            6. COMO CHEGAR ATÉ A UNIVERSIDADE

Tomaremos como ponto de partida a cidade de Campo Grande-MS, a partir daí você terá duas alternativas, transporte terrestre ou aéreo.
Transporte aéreo: Empresa GOL realiza o itinerário Campo Grande-MS/Santa Cruz de la Sierra-BO, consulte o site www.voegol.com.br para obter todas as informaçoes pertinentes.
Transporte terrestre: Empresa de ônibus Andorinha, saídas diárias com destino a cidade de Corumbá-MS. Percurso aproximado (6 horas de viagem), culminando no encontro da fronteira   Brasil/Bolivia.
Ao desembarcar procure de imediato um hotel. Daí em diante seu meio de transporte será o TREM e a disponibilidade de vagas nem sempre encontra-se de imediato. Para comprar a passagem você deverá seguir até a cidade de Puerto Quijaro-BO, cidade vizinha a Corumbá-MS, aonde deverá dirigir-se a Empresa Ferroviária Oriental e agendar-se conforme os horários disponíveis da mesma.
Sua chegada a Santa Cruz de la Sierra-BO está prevista, aproximadamente, 14 horas após o embarque em Puerto Quijaro-BO.

AVISO  IMPORTANTE:    Los señores  Hugo Otero Balcazar  y  Sergio Marcilio Agostinho Marques, não mais funcionários desta instituição, assim que estas pessoas não estão autorizados a executar qualquer tipo de serviço em nome da Universidade

Tomamos a liberdade de deixar uma mensagem final de reflexão:
Se veres que seus esforços não são reconhecidos, não desanimes. Pois ao nascer, o sol dá um dos mais lindos espetáculos e encontra a maior parte da platéia dormindo.”

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada